ITAM AGILE

Para atender um mercado dinâmico com demandas mutáveis

Agilidade sem perder o controle

Oferecemos um método comprovado de projeto, conhecido como "Ágil com Controle". Combina as principais virtudes da metodologia tradicional WaterFall (controle e previsibilidade) com a metodologia ágil (lean, melhorias contínuas e adaptação). Uma nova abordagem no mercado de ITAM, atendendo às metodologias ágies.

Maior produtividade da equipe

Nas metodologias ágeis, existe um prazo fixo e o tempo é controlado a cada ciclo do projeto. Os ciclos de um projeto podem ter durações diferentes, dependendo da quantidade de demandas.

Redução de Riscos

Nas metodologias ágeis, o foco na entrega de valor agregado para o cliente do projeto fica muito mais evidente. A divisão do projeto em ciclos curtos, normalmente de até um mês, permite a validação mais rápida das entregas.

Satisfação do Cliente

Segmentado em fases, a equipe se ocupa de um objetivo por vez, isto é, na funcionalidade que deve ser entregue. Torna-se muito mais fácil mensurar os resultados, como cumprimentos de prazo, qualidade do produto e performance da equipe.

Um novo Framework de atuação em projetos ITAM

O resultado é um método que garante a manutenção dos controles tradicionais de cachoeiras, em uma abordagem de desenvolvimento flexível e ágil.

O “Ágil com Controle” nos permite garantir qualidade e eficiência nos processos de entrega, desenvolvimento e liberação de sprints; permitindo que os projetos sejam cumpridos dentro do orçamento e prazos esperados.

Comunicação

 Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas;

Praticidade

Software e serviços entregues mais que documentação abrangente;

Alinhamento de expectativas e colaboração

Colaboração com o cliente e membros do projeto mais que negociação de contratos e suas cláusulas;

Adaptabilidade e flexibilidade

Responder a mudanças mais do que seguir um plano.

O que utilizamos em nosso projetos

Investimos em metodologia ágeis pois buscamos mais entrega de valor aos nossos clientes

  • SCRUM: 

    O Scrum é um dos métodos ágeis mais populares e muitas vezes ele é inclusive confundido com o conceito em si. Para trabalhar com Scrum o principal é que tenhamos ampla compreensão sobre o skill da equipe e que tenha papéis bem definidos para cada um dos envolvidos.

    O principal é que exista um Dono de Produto (ou de Projeto). Essa pessoa, que representa os interesses do usuário final ou de nosso cliente, é quem vai determinar – junto à outras pessoas – o que deve fazer parte do produto em termos de funcionalidades. A partir disso, ele cria uma lista por ordem de prioridade, que é conhecida como backlog.

    Então, as tarefas começam a ser distribuídas entre o Scrum Team e se iniciam as Sprints – que nada mais são do que intervalos de tempo de desenvolvimento, que não duram mais do que quatro semanas.

    Ao final de cada Sprint o time faz uma pausa e revisão das atividades que foram desenvolvidas, para validar se tudo foi feito como deveria, se há algo que precisa ser refeito ou se é preciso adaptar algum ponto.

    Então, parte-se para a próxima Sprint, até que todo o backlog esteja concluído e o produto esteja pronto para a entrega.
  • KANBAN: 

    Trabalhar com checklists e de ter plena visibilidade do que está sendo desenvolvido por sua equipe, estas são as principais características ao se trabalhar com o sistema Kanban – um dos métodos ágeis mais simples e também mais utilizados pelas empresas.

    Para trabalhar com o Kanban criamos quadro (quem em nosso caso é o Jira) e dividimos em três colunas, organizadas da seguinte forma:

    • TO DO: contemplando todas as tarefas a serem feitas durante um determinado projeto ou intervalo de tempo;
    • DOING: com todas as demandas que estão sendo feitas por pessoas específicas em um momento;
    • DONE: com as tarefas que já foram finalizadas, entregues e validadas pela equipe.

    O sistema é bastante simples, mas demanda que toda a equipe esteja engajada para que ele possa funcionar adequadamente.

    Afinal, é preciso que haja um acompanhamento constante das tarefas que estão sendo realizadas, assim como seu avanço entre as colunas.